fbpx

Curso para corretor de imóveis e as áreas dentro da profissão

Você sabia que existe curso para corretor de imóveis? Essa é uma profissão que muitas pessoas não sabem qual é o caminho correto para alcançar o sucesso. Mas como em muitas áreas, a dedicação e o estudo são muito importantes.

Portanto, invista em conhecimento e em curso para corretor de imóveis. Assim, você garante a sua qualidade profissional. Além disso, você pode trabalhar como corretor de imóveis em diferentes áreas. Ou seja, você pode ser uma especialista em uma área de atuação específica.

 É comum pensar a profissão de forma ampla, mas existem várias áreas dentro do universo de corretagem de imóveis, que serão apresentadas ao longo deste texto.  

Qual é o curso para corretor de imóveis?
5 áreas de atuação para um corretor de imóveis

Qual é o curso para corretor de imóveis?

Ser um profissional que atua como corretor de imóveis exige algumas características e entendimentos, como já falamos aqui anteriormente. Mas como também já apontamos aqui, para ter conhecimento sobre área é importante escolher um curso que te prepare para essa responsabilidade.

O ideal é realizar pelo menos um dos cursos a seguir:

  • Curso técnica de Transação Imobiliária;
  • Curso Tecnológico de gestão Imobiliária;
  • Curso de bacharelado em Ciências Imobiliárias: curso completo.

Sendo assim, para atuar nesse mercado não basta só ter vontade e boas habilidades de comunicação, mas sim ter conhecimento e o CRECI em mão. A sigla remete ao Conselhos Regionais de Corretores de Imóveis, documentação necessária para exercer a profissão de corretor de imóveis.

Para conseguir receber os documentos, o profissional precisa ter ensino médio completo, além de ter realizado Curso de Técnico em Transações imobiliárias (TTI).

5 áreas de atuação para corretor de imóveis

Mas além das exigências básicas e da realização de curso para corretor de imóveis que orientam sobre o fazer profissional na área, alguns corretores preferem escolher um caminho mais nichado e específico.

Existem algumas áreas que você pode seguir para ser um corretor de imóveis diferenciado e especialista. Confira algumas das áreas de especialidade do setor. Considere que alguma delas depende de um tipo de curso para corretor de imóveis mais específico.

Avaliação de imóveis – curso para corretores de imóveis

A função de avaliador no mercado imobiliário exige a realização do curso de especialização e da solicitação do registro no Cadastro Nacional de Auditores Independentes – CNAI. Desse modo, após essas duas fases, o corretor pode avaliar propriedades.

Isso significa que o profissional tem toda a base técnica para avaliar o imóvel e garantir que o cliente está fazendo um bom negócio.

O avaliador de imóveis surge a partir da necessidade que um proprietário ou empresa tem de saber por quanto deve vender o imóvel. Ou seja, esse profissional pode ser contratado tanto por pessoas físicas quanto por empresas.

Em geral, o avaliador de imóveis precisa saber sobre: levantamento de informações, procedimento de vistoria, pesquisa de mercado, cálculo e sobre quais são os aspectos que valorizam ou desvalorizam um espaço.

Após uma análise aprofundada, ele deve emitir o Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica – PTAM. Assim, a pessoa ou empresa que precisa vender o imóvel sabe qual é a definição do valor de mercado do seu bem.

Captação

Também chamado de angariador imobiliário, o captador de imóveis tem como função atrair clientes proprietários para a imobiliária. Ou seja, o seu principal objetivo é aumentar o número de imóveis que a incorporadora vai anunciar, negociar e vender.

Para além disso, a parte burocrática da formalização do imóvel e verificação dos documentos necessários para essa formulação, também é uma responsabilidade da captação. Sendo assim, pode-se dizer que o profissional que realiza a captação tem uma importante responsabilidade nas transações imobiliárias.

Sem um bom trabalho do captador de imóveis, fica muito mais difícil garantir a entrada de novas propriedades na carteira do corretor de imóveis.

Administração imobiliária – curso para corretor de imóveis

A locação e administração de imóveis também é um aspecto abordado como tema principal em cursos de especialização para corretor de imóveis. Com essa certificação, o corretor atua na locação, compra e venda dos modelos de contratos.

Desse modo, o profissional tem missões difíceis que inclui:

  • Elaboração de contratos;
  • Cobrança dos aluguéis e outras atividade de gestão a locação;
  • Gestão de condomínio;
  • Ações de despejos;

Ter conhecimento sobre os direitos da vizinhança, leis estaduais e municipais e tributação de imóveis.
O profissional que já tem experiência como corretor deve se sair bem nessa função. Assim, ele contribui até para resolução amigáveis em disputas judiciais e familiares.

Prospector de área

Nesse segmento, o corretor de imóveis terá como responsabilidade a busca por áreas que têm condições de serem utilizadas como loteamento para empresas incorporadoras.

Para trabalhar nessa função é importante entender sobre a ocupação de solo na região de localização do terreno, além de saber sobre a legislação que envolve esse aspecto do solo.

A etapa de prospecção é a largada para muitos projetos de desenvolvimento imobiliários que serão trabalhados a partir disso. Portanto, investir em bons profissionais e na capacitação nessa área é muito importante.

Sem contar que quem trabalha com prospecção pode ter alto rendimento, uma vez que ao garantir um loteamento, você pode ter uma comissão alta. Ou seja, pode ser uma excelente ideia trabalhar com isso.

Mercado de luxo: outra área que um corretor de imóveis pode atuar

Neste caso, a principal diferença é dimensão de tudo que envolve esse mercado. Por isso, o profissional que pretende se especializar no mercado de imóveis de luxo, precisa buscar se especializar nesse segmento. Assim, ele melhora o atendimento ao cliente e passa a entender todos os detalhes sobre esses imóveis.

Mas por que optar por essa área?

Existem algumas características que ajudam a entender porque é interessante trabalhar nessa área. Por exemplo, os valores altos dos imóveis resultam em comissões também mais altas.

Além disso, nesse segmento a criação de network e a possibilidade de ser indicado para outros clientes também tendem a aumentar. A alta qualidade arquitetônica dos imóveis e as transações rápidas, resultado das documentações qualificadas, são outras características vantajosas de trabalhar com o mercado de luxo.

No Brasil, a venda desse tipo de imóvel tem crescido de forma significativa. Por isso, se você ainda não trabalha nessa área, busque estudar sobre esse mercado. Entenda o que caracteriza o adjetivo luxo, que neste caso, envolve localização, arquitetura, lazer, tecnologia, acabamento, além de outras coisas.

Para concluir o texto, pode-se dizer que o segmento imobiliário tem várias áreas de atuação que podem contemplar os seus interesses profissionais enquanto corretor de imóveis.

Para receber outros conteúdos sobre mercado imobiliários, siga o nosso perfil no Instagram (@tcpsistemas).

Deixe um comentário