fbpx

Desperdício de materiais na construção civil: como evitar?

Apesar da indústria da construção representar uma parcela expressiva na economia do país, o desperdício de materiais na construção civil é um fator preocupante e possui números elevados.

Isso significa que mesmo uma indústria de tamanha importância, ainda executa as suas atividades com falhas no planejamento tendo recursos mal aplicados.

Sendo assim, identificado esse problema, as empresas precisam se preocupar mais com esse gap tão comum no canteiro de obra. Até porque esse desperdício afeta o orçamento, resultando na qualidade do serviço e no atraso do prazo de entrega do projeto.

Por isso, neste texto, você confere:

O Impacto do desperdício de materiais na construção civil
7 dicas para evitar o desperdício de materiais na construção civil

O Impacto do desperdício de materiais na construção civil

Segundo uma pesquisa realizada, a tendência é que o número de materiais desperdiçados na construção civil só aumente até 2025. A estimativa é que sejam produzidas mais 2 bilhões de toneladas no mundo. Dados nada animadores, né?!

Esse número exorbitante afeta diretamente os custos no setor da construção civil. Considerando que assim como em outras áreas, a indústria já deve sofrer os impactos da pandemia, agora mais do que nunca é necessário se atentar ao problema do desperdício de materiais.

Porém, essa é uma questão que, majoritariamente, passa despercebida pelo fato do desperdício não ser contabilizado, assim parece não existir um valor que é perdido. Aço, telhas, tijolos, cimento, areia, pedaços e sobras de madeira são alguns dos materiais desperdiçados na rotina do canteiro de obra.

Além dos danos financeiros, existe uma outra preocupação: o destino desses materiais. Isso porque caso seja destinado de maneira inadequada, há grandes chances de gerar impactos ambientais, resultando inclusive no desperdício de água.

Desse modo, é importante que as empresas consultem as condições legais previstas na Lei n° 12.304/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos e na Resolução de número 307 do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente).

Sendo assim, o desperdício de obra na construção pode ser considerado um problema em vários níveis, uma vez que interfere na produtividade da obra, no orçamento, nos prazos e ainda na sustentabilidade. Isso interfere diretamente na imagem e nas conquistas de uma empresa.

Entendo todo este cenário e os problemas que ele configura, muitas empresas têm se atentado aos fatos descritos e apostado em medidas que possam reverter essa situação. Dessa forma, a indústria pode trabalhar em prol do crescimento do setor, da empresa, do cuidado com o meio ambiente e, consequentemente, da sociedade.

7 dicas para evitar o desperdício de materiais na construção civil

As empresas da indústria da construção têm sido mais cuidadosas ao permitir que os profissionais envolvidos fiquem por dentro, entendendo mais detalhadamente do projeto e supervisionando as atividades no canteiro de obras.

Em geral, para solucionar esse ponto falho, a indústria precisa investir em melhorias constantes no que tange a qualidade do serviço, o que inclui o aumento das tecnologias de inovação.

Aposte em um planejamento racional

Sempre que possível relembramos aqui a importância do planejamento na construção civil. Quando existe um plano de obra, as atividades são direcionadas e realizadas da forma e no momento correto.

Agora, quando esse plano não é feito de forma racional e estratégica, divergindo da realidade, os desperdícios acabam acontecendo. Pode ser que a matéria-prima seja comprada em uma quantidade além do necessário, ou na data incorreta, por exemplo.

Esse segundo ponto deve ser levado em consideração para evitar que os materiais fiquem expostos no tempo durante muito dias, interferindo em sua qualidade. Já a compra atrasada interfere na produtividade da obra.

Sendo assim, o planejamento é o que pode evitar problemas como esse. Portanto, realize a etapa do planejamento com bastante atenção e cuidado.

Para ter uma visão ampla das necessidades, conte com diferentes profissionais que são parte do projeto no momento de elaboração do planejamento, incluindo além do engenheiro, o mestre de obra e o arquiteto, por exemplo.

Mantenha a organização do canteiro de obras para facilitar a logística

A organização permite que os profissionais entendam o que é material novo e o que foi utilizado. O próprio espaço de armazenagem dos materiais também é importante neste sentido.

Alguns cuidados práticos ajudam a estruturar a organização no canteiro de obras:

  • Empilhe tijolos e telhas para evitar que eles quebrem;
  • Coloque os sacos de cimento e a argamassa afastado de áreas úmidas;
  • Busque transportar os materiais delicados utilizando o carrinho de mão;
  • Considere as medidas necessárias para a realização de cada atividade, para evitar que seja produzido, por exemplo, concreto em excesso.

Seguindo essas dicas, os profissionais conseguem otimizar o manuseio e deslocamento, tanto de pessoas quanto de materiais. Assim, até a gestão do tempo fica mais organizada.

Adote padrões e aposte na transparência

Apesar da indústria da construção civil ser repleta de imprevistos e particularidades, que variam de acordo com cada projeto, busque adotar padrões que contribuam para evitar o desperdício e aproveitar mais o tempo. Quando o profissional já sabe o que fazer em uma atividade, tudo fica mais simples.

A própria comunicação entre os times ajuda a estabelecer esses padrões e fortalecer a transparência entre todos os envolvidos no projeto.

O uso de ferramentas que centralizam as informações em uma só plataforma, que é acessível a todos, fortalece a transparência entres os times. Os softwares ERP e CRM, certamente podem contribuir neste sentido.

Cuidado na elaboração do orçamento

Assim como o planejamento, a construção do orçamento é essencial para evitar desperdícios na construção civil. Destinar um valor em excesso para a compra de um determinado material pode gerar altos custos e ainda resultar em desperdícios.

Portanto, insira no orçamento, apenas o material necessário para que a obra seja executada.

Lean Construction e outras tecnologias para evitar desperdícios na construção civil

Acima foram citadas tecnologias que contribuem para a centralização das informações, mas além dessas, outras plataformas também ajudam a evitar o desperdício na execução de uma obra.

Um software de planejamento também contribui para a construção de um plano mais otimizado que prioriza as tarefas necessárias.

Assim, os gestores conseguem controlar o que está sendo gasto, sendo possível interferir antes que o desperdício, de fato, aconteça. Ou seja, permite uma tomada de decisão mais rápida e assertiva.

O próprio método do Lean Construction fortalece a indústria da construção civil, evitando que desperdícios aconteçam. Isso porque, essa filosofia prioriza as atividades que agregam valor.

Desse modo, desperdícios e processos desnecessários deixam de acontecer. O objetivo do Lean é tornar o fluxo de trabalho mais direto e claro.

As tecnologias móveis também ajudam na rotina diária da empresa, influenciando na comunicação interna, na gestão de obra e, consequentemente, podendo diminuir o desperdício de materiais.

Treinamentos para a mão de obra

Sempre que tratamos sobre desperdício, precisamos tratar sobre conscientização. Muitas vezes os profissionais que lidam diariamente com os materiais não sabem como cuidar de maneira adequada para evitar o desperdício.

Sendo assim, as construtoras e empresas da construção civil, em geral, devem investir no treinamento desses profissionais. Assim, em cursos e palestras, eles podem aprender a otimizar o uso das matérias-primas e descobrir como destinar os resíduos de forma adequada.

A participação destes profissionais no planejamento de obra, também é uma forma deles ficarem mais por dentro desse processo. Isso contribui para o melhor aproveitamento dos materiais.

Cuidar da armazenagem, validade e reciclagem dos materiais

Por fim, as construtoras e gestores devem estar atentos aos cuidados mais específicos dos materiais do canteiro de obras, contribuindo para a realização de um trabalho de qualidade.

Portanto, os colaboradores devem buscar entender as especificações do fabricante de cada material entregue no canteiro. Ou seja, os profissionais devem ler as embalagens dos produtos para garantir o uso consciente e adequado dos materiais.

Desse modo, após uma leitura atenta, além de diversos detalhes é possível observar a garantia de fábrica dos produtos e os prazos de validade. Assim, os insumos podem ser aproveitados no tempo correto e da forma correta, evitando desperdícios.

A armazenagem dos materiais também pode estar indicada nas orientações, uma vez que alguns materiais precisam ser guardados nas condições adequadas de ventilação e umidade, por exemplo.

Entendo que alguns insumos precisam ser descartados, os profissionais precisam saber como fazer isso da melhor forma possível. Isso porque muitos materiais podem ser reaproveitados através da reciclagem. Alguns exemplos são o alumínio e o cobre, além de muitos outros insumos.

Já pensou em como rever os processos da sua empresa para evitar desperdícios? Esse é o momento de fazer isso!

Para saber mais sobre a indústria da construção civil, acompanhe o nosso perfil no instagram.

Deixe um comentário