fbpx

Como fazer o fluxo de caixa na construção civil?

Você sabe o que se deve fazer para ter um eficiente fluxo de caixa na construção civil? Realizar o fluxo de caixa é uma tarefa que exige muita atenção e cuidado, e no setor da construção isso se amplia, uma vez que é preciso lidar com muitos fatores de entrada e saída de dinheiro.

De modo geral, a saúde financeira de uma empresa também é resultado da execução bem feita dos mecanismos de gestão, incluindo aqui o fluxo de caixa. Por isso é importante dominar esse conceito, para saber fazer o uso correto da ferramenta.

Neste texto você irá saber:

Por que fazer o fluxo de caixa?

O Fluxo de caixa precisa existir porque sem ele fica muito mais difícil você ter o controle dos movimentos financeiros que acontecem na sua empresa. Por isso, é importante você entender antes de tudo a divisão entre presente ( o que se recebeu e foi pago) e futuro (as contas a pagar e a receber).

Algumas pessoas acreditam que basta uma operação comercial feita de maneira adequada para obter sucesso, no entanto, saber os resultados de entrada e saída da sua empresa também é muito importante.

Sendo assim, um dos pontos de atenção quando se lida com o fluxo de caixa, é sempre manter a sua atualização em tempo real, já que isso irá facilitar muito a tomada de decisão.

Assim, é possível ter um planejamento mais eficiente, uma vez que os pedidos de compras podem ser comparados com as condições e previsões de pagamento.

Outro ponto importante é a visualização e controle dos recebimentos a longo prazo, para evitar criar uma noção errada sobre o dinheiro que se tem em caixa.

Além disso, tanto as informações de recebimento quanto de pagamento, que são disponibilizadas, passam a ser registradas e atualizadas, ampliando a concepção das movimentações financeiras.

Porém, é importante lembrar que para conseguir obter tais benefícios com o uso do fluxo de caixa, você precisará monitorar constantemente as atividades que serão realizadas, considerando as previsões atuais e futuras, ou seja, os valores a pagar e a receber.

3 motivos para apostar no fluxo de caixa

  1. Histórico do mercado: Uma pesquisa do Sebrae aponta que mais da metade das empresas fecham dois anos após a sua inauguração. Isso é fruto, majoritariamente, da falta de planejamento e capacitação, pontos que se relacionam com a falta de visão a médio e longo prazo, ou seja, falta do fluxo de caixa.
  2. Contas a pagar: A falta de noção do dinheiro em caixa pode implicar em diversos problemas, como por exemplo, quando é preciso pagar uma conta em uma data específica. Se o dinheiro não é suficiente naquele momento, o atraso pode gerar juros e multas que prejudicam a empresa.
  3. O uso certeiro do dinheiro em caixa: Ter dinheiro sobrando não é sinônimo de alívio, porque o dinheiro precisa trabalhar a favor do negócio. Sendo assim, o melhor a se fazer é investir ou realizar uma aplicação financeira que permita render uma boa liquidez deste valor.

Portanto, para conseguir resultados satisfatórios com a saúde financeira do seu negócio, o uso do fluxo de caixa é essencial.

Assim para garantir que as contas fiquem em dia:

  • Atualize os números no painel de controle do fluxo constantemente;
  • Busque entender os conceitos de gestão e finanças, como o DFC e DRF;
  • Escolha um sistema de gestão de fluxo de caixa de qualidade.

Agora que você já sabe porque é importante trabalhar com ajuda do fluxo de caixa, é hora de entender as vantagens que esse recurso apresenta na construção civil.

A importância do fluxo de caixa na Construção Civil

O setor da construção civil apresenta certa complexidade em diferentes aspectos, uma vez que lida com muitos fornecedores, suprimentos e funcionários, e isso também tem impacto na parte de finanças. Por isso, majoritariamente, tudo que serve como facilitador deve ser estudado como possibilidade.

Essa é uma área que enfrenta desafios para manter a empresa competitiva, assim como para estabelecer projetos dinâmicos e equipes produtivas, o que permite respeitar os cronogramas e orçamentos que foram determinados.

Dessa forma, o fluxo de caixa pode contribuir muito na hora de fazer uma gestão de custos eficiente. Até porque, segundo pesquisas, o comercial, o financeiro e o operacional são três setores que apresentam grandes desafios na indústria da construção civil.

Ou seja, opte por fazer o fluxo de caixa na construção civil, evitando assim, imprevistos inconvenientes na execução e venda de projetos. Mas qual é a melhor maneira de fazer isso?

Os problemas de fazer o fluxo de caixa na construção civil de forma manual

Considerando as inúmeras possibilidades de entrada e saída de dinheiro na construção civil, sobretudo em um cenário com vários canteiros de obra, torna-se extremamente difícil analisar um número grande de planilhas, porque isso demanda muito tempo e poderia ocasionar erros.

Sendo assim, a ação apenas manual de fluxo de caixa na construção civil pode gerar problemas:

  • Fazer a busca de informações de previsão de receitas e despesas da empresa é uma ação que demanda tempo excessivo;
  • As informações tendem a se defasar, já que não é possível atualizar à realidade de cada canteiro de obra de forma constante;
  • Os valores podem ser alterados por algum dígito errado;
  • Conseguir avaliar a saúde financeira das obras e da companhia é desafiador, já que dados nem sempre estão organizados.
  • É quase impossível conseguir apoiar a alta direção da construtora ou incorporadora em decisões de tomada de investimento.

A automatização do fluxo de caixa

Se você pretende evitar os problemas citados acima, o negócio é investir em uma ferramenta que auxilia na realização do fluxo de caixa.

Existe a possibilidade de escolher utilizar um software que permite fazer a gestão de fluxo de caixa em tempo real, integrando financeiro, vendas e suprimentos.

Com a implementação e uso de um sistema ERP que é especializado em gestão de obras, você consegue ter um painel de gestão financeira verdadeiramente de ponta, permitindo uma visão completa do caixa da sua construtora ou incorporadora.

Dessa forma, torna-se possível ter uma visão ampla dos gastos e receitas, fazendo com que você efetue um bom planejamento e consequentemente reduza os seus custos e aumente a lucratividade.

Como escolher a melhor ferramenta?

Alguns pontos devem ser levados em consideração para escolher uma ferramenta que possibilite a realização do fluxo de caixa sem ocasionar problemas. Para isso, o software de gestão deve ter:

  1. Capacidade para se adaptar ao seu tipo de negócio, tendo a possibilidade ainda de permitir escolher a periodicidade do fluxo de caixa e desconsiderar as previsões de recebimento de clientes inadimplentes;
  2. Integração em tempo real das ações que podem impactar o seu fluxo de caixa é essencial para a gestão de obras;
  3. Mobilidade/Acesso móvel do canteiro de obras, permite que as mediações e trocas de informações sobre o consumo de material seja passada na hora por smartphone ou tablet;
  4. Rastreabilidade dos dados para evitar perda de tempo, verificar origem de lançamentos e ainda emitir relatórios detalhados dos títulos e contratos;
  5. Possibilidade de escolher a forma de visualização dos relatórios de fluxo, seja de uma empresa, obra ou para um plano de contas financeiros que tenha sido criado a partir de suas necessidades;
  6. Uso do fluxo de caixa para diferentes análises, podendo avaliar, assim, o impacto individual de cada obra, e ainda comparar o cronograma de desembolso da obra.
  7. Conhecimento da indústria da construção para facilitar o fluxo de caixa futuro que pode ajudar a viabilizar o estudo econômico de um empreendimento.
  8. Capacidade de fazer projeções, o que possibilita entender qual é a viabilidade econômica de uma obra antes de fechar um contrato, por exemplo.

Além dos pontos citados, na construção civil é importante considerar que a integração entre o escritório e o canteiro de obra também é primordial.

Ainda existem ferramentas, como o Sienge, que enviam relatórios por e-mail para que seja possível acompanhar o fluxo de caixa da empresa e entender se ela está trabalhando com aperto ou folga em certo período.

Deixe um comentário