fbpx

O que é ERP e como esse sistema pode ajudar a sua empresa?

Se você não sabe o que significa ERP, ou não entende exatamente como essa sigla de três letras pode ajudar a sua empresa, então esse conteúdo é para você.

Transparência, acesso fácil e integração são palavras que certamente ajudam a resumir e permitem a compreensão do que seria um ERP. O software pode tornar o sonho de qualquer gestor em realidade ao permitir que os colaboradores, do setor comercial, financeiro, marketing, qualidade e demais áreas existentes na empresa, possam se comunicar de forma mais eficiente. É hora de saber como isso funciona, sobretudo na indústria da construção, que é o foco desse conteúdo.

Neste texto você irá conferir os seguintes tópicos.

O que é um ERP?

O termo em inglês Enterprise Resource Planning é o nome que forma a sigla ERP, que quando traduzido para o português recebe o nome de Planejamento dos Recursos da Empresa. Em meio a traduções, o mais importante é entender justamente que essa ferramenta permite que todos os setores de uma empresa falem a mesma língua, a partir da centralização da informação em uma única plataforma. 

Assim, esse software de gestão é uma solução que precisa ser entendida pelos gestores para que favoreça uma decisão mais precisa, baseada em uma tecnologia que permite a análise de dados e processos.

Qual é a função e as vantagens de um software ERP?

Para que uma empresa funcione de maneira correta e alcance o sucesso planejado, uma série de fatores precisam estar alinhados e funcionando de forma eficiente, certo?! Um dos desafios mais frequentes são as falhas de comunicação. Quantas vezes você já não compreendeu um objetivo de outro setor, ou não conseguiu ter uma visão total das áreas da organização que você trabalha?

Tenho certeza que isso ocorre com frequência. Se questione sobre isso! Afinal, seria ótimo a existência de um software capaz de proporcionar uma maior integralização, e que além disso também possa ajudar com a análise dos resultados alcançados pela a sua empresa. 

O software ERP é justamente isso, um sistema de gestão integrado que proporciona um conjunto de soluções que são capazes de ajudar a empresa.

Funções e benefícios do software

  1. Otimizar os processos, os deixando mais fluídos.
  2. Aumentar a performance e produtividade.
  3. Diminuir o tempo e os custos dos processos operacionais, a partir da automatização das atividades.
  4. Controlar os recursos.
  5. Permitir que as informações fiquem mais transparentes para os usuários envolvidos.
  6. Reduzir os erros e retrabalhos.
  7. Melhorar o relacionamento com o cliente.
  8. Padronizar processos em diferentes áreas da empresa.
  9. Conduzir o processo do princípio ao fim do fluxo.
  10. Informar sobre as atualizações em tempo real, facilitando a tomada de decisão.
  11. Oferecer resultados, a partir de indicadores em processos finais, como por exemplo,  fluxo de caixa e conciliação bancária.

São muitas as facilidades resultantes deste momento de transformação que estamos vivenciando no mercado, como por exemplo, os serviços de nuvens e os softwares ERP. Atualmente, essas inovações permitem que uma única informação possa perpassar pela empresa de ponta a ponta. Poucas coisas são tão importantes quanto isso quando o objetivo é obter um resultado de sucesso.

Vantagens dos serviços de nuvens e os softwares ERP

Contudo, para alcançar tal sucesso, outro passo necessário é o fortalecimento da segurança do software, afinal todas as informações do seu negócio estarão na plataforma escolhida. Ou seja, ao inserir todos os processos dentro de um ciberespaço é importante também entender como manter a segurança da informação, optando por medidas que favoreçam tal seguridade.


Assim como em qualquer outra decisão tomada em sua empresa, o uso de um software ERP precisa de atenção. Dessa forma, criptografar os dados, implementar regras de controle de acesso, utilizar ferramentas de segurança e adotar links dedicados, são métodos que podem ser utilizados para auxiliar na proteção dos aspectos de segurança que se relacionam à acessibilidade dos dados.

 

Os principais módulos

Agora que você já sabe o que é um ERP, é importante entender que cada empresa possui uma necessidade que pode variar de acordo com a sua área de atuação, tamanho, setores e objetivos, por isso, um sistema de ERP completo inclui diferentes módulos que podem fazer parte de um modelo padrão ou indexado. Os principais são os seguintes:

  • Faturamento.
  • Financeiro.
  • Comercial.
  • Compras.
  • Estoque.
  • RH.
  • Contabilidade e fiscal.
  • Gerenciamento de projetos.
  • Produção.
  • Suporte às decisões.

Como é possível perceber cada um dos módulos irá ajudar em uma etapa do processo produtivo da sua empresa. Dessa forma, o módulo de RH ajuda na consolidação da parte de Gestão de Pessoas, o Comercial permite que você crie estratégias para uma venda mais assertivas, e assim por diante em cada um dos módulos.

Contudo, é importante entender que apesar de existir módulos que são comuns a parte majoritária das empresas, o mais interessante é investir em um software ERP personalizado que englobe e se direcione ao seu perfil de negócio. Assim, todas as soluções poderão ser igualmente personalizadas.

O gestor que valoriza essa flexibilidade na hora de escolher e apostar em uma plataforma ERP, certamente consegue solucionar suas demandas organizacionais de forma mais efetiva, reduzindo, assim, os gargalos do seu negócio.

ERP na Indústria da Construção

Em uma Indústria com demandas bem específicas como no caso dos setores da construção a escolha por um software totalmente voltado para as suas questões pode facilitar muito todos os processos.

ERP na Indústria da Construção

A Indústria da Construção tem como característica ter um número grande de informações que precisam ser compartilhadas com muitas áreas, quando isso não é administrado de uma forma correta os problemas aparecem constantemente. Desperdício de material, mão de obra cada vez mais cara, erro no processo de orçamentação e falha no planejamento, por exemplo, são alguns dos problemas que atrapalham a vida de muitos gestores dessa indústria. Portanto, será que um software que permite integração das informações não seria uma forma de solucionar essas questões?

Dessa forma, para escolher o melhor ERP para a sua construtora é importante estar atento à algumas características que podem oferecer os benefícios ideais para a sua construtora como: ser totalmente web, direcionado para a Indústria da Construção Civil, estar na nuvem, oferecer suporte, gerar relatórios úteis, integrar com o BIM, cruzar informações, ter integração com outras ferramentas de gestão, além de ter módulos específicos.

Os principais módulos de um ERP para a Indústria da Construção

Por ser um setor extremamente amplo e complexo as empresas da indústria da construção precisam ter como apoio uma ferramenta de gestão modular, para que possam responder às especificidades de cada empresa do ramo.

Os módulos de um software ERP para Indústria da Construção são construídos a partir de análises de construtoras, empresas de instalações elétricas e incorporadoras, o que inclui empresas que constroem e vendem prédios, além de construção de loteamentos, galpões industriais, entre outras. Ou seja, esse software precisa ter módulos diversificados. Alguns módulos importantes na Indústria da Construção são apontados como eficientes:

12 módulos ERP para a Indústria da Construção

  • Financeiro

Além de permitir uma comunicação alinhada e adequada sobre o dinheiro e as finanças de maneira geral, ajuda a compreender como estão sendo os resultados financeiros da empresa como um todo e de cada obra realizada. 

  • Comercial

Normalmente é utilizado para a venda dos imóveis, facilitando a prospecção de clientes, além do controle da carteira e do estoque.

  • Engenharia

Módulo essencial no planejamento, orçamento, acompanhamento e execução de obras.

  • Suprimentos

Essencial para o funcionamento da questão logística, gerenciando fluxos de compras, estoques e a contratação ou prestação de serviços.

  • Gestão da qualidade

Permite uma melhoria contínua na gestão da empresa de acordo com as suas normas de qualidade.

  • Contabilidade/Fiscal

Esse módulo é importante para agilizar a prestação de contas com o Fisco, resultando na redução de erros e multas por atraso.

  • Recursos Humanos

Inclui desde o recrutamento de novos colaboradores, até questões como a administração do pessoal em relação ao ponto eletrônico, cargos e salários.

  • Suporte à decisão

Módulo importante para análise dos dados, a partir de relatórios que possibilitam compreender a necessidade de serem tomadas ações preventivas ou corretivas.

  • Segurança

Garante acesso às informações somente para as pessoas responsáveis e ainda possibilita o agendamento de funções.

  • Gestão de Ativos

Ajuda na parte de gerenciamento dos bens patrimoniais da empresa, o que inclui, a frota de veículos e equipamentos em geral.

  • Aplicativos

Insere maior mobilidade melhorando os resultados da empresa. Ao possibilitar que uma ação possa ser realizada a partir de um smartphone, ela acaba se tornando muita mais prática e rápida.

  • Nota Fiscal Eletrônica

É utilizado para gerar o documento de uma maneira correta, evitando a ocorrência de multas e prejuízos desnecessários, o que facilita todo o uso de notas fiscais.

Sienge: software de planejamento de recursos para Indústria da Construção Civil

O primeiro ERP 100% web é totalmente customizado para a Indústria da Construção Civil. Sendo muito mais do que um sistema de gestão integrado, a plataforma do Sienge é um sistema de gestão que consegue trazer dinâmicas capazes de eliminar diversos tipos de retrabalhos. Ao automatizar várias tarefas e uma série de processos, a plataforma permite que você dedique o seu tempo como gestor para se dirigir às escolhas estratégicas da sua construtora.

Conheça mais sobre o Sienge, o ERP para Construção Civil. 

 

 

Assine nossa newsletter!

Deixe um comentário